Publicidade
Remédios CaseirosUnhas

3 receitas naturais para micose de unha (unheiro)

Publicidade

3 receitas naturais para micose de unha (unheiro)

Saiba como curar os unheiros com a ajuda de 3 receitas naturais para micose de unha (unheiro), um sintoma doloroso e irritante que pode aparecer por uma unha encravada, por uma infecção, ou pela falta de cuidado.

Alho

O óleo essencial do alho é um dos óleos melhor estudados para o combate de fungos e outros micro-organismos, tendo um forte efeito e sendo, assim, indicado por muitos médicos e profissionais que recorrem a opções naturais para o tratamento de infecções por fungos.

Esse efeito acontece principalmente devido à presença da substância alicina.

Além disso, o alho é barato e bastante versátil, podendo ser usado na sua forma natural ou como óleo.

Ingredientes

1 dente de alho.

Modo de preparo

Cortar o alho em fatias e aplicar diretamente sobre a unha afetada por 30 minutos, todos os dias.

Idealmente, o pé deve ser lavado antes e depois da aplicação do alho, para garantir melhor efeito.

Este processo deve ser repetido até 4 semanas depois de que a unha voltou ao seu estado normal, o que pode demorar entre 4 a 6 meses.

Uma vez que algumas pessoas podem apresentar sensibilidade aumentada para o óleo essencial do alho, é aconselhado tentar manter o alho apenas sobre a unha.
Caso surjam sintomas de queimação ou vermelhidão na pele devido à aplicação do alho, é recomendado lavar o local com água fria e evitar voltar a
colocar alho nessa região, já que poderá causar queimaduras ou inflamação.

Óleo essencial de tea tree

O óleo de tea tree, que também pode ser conhecido como óleo de melaleuca, contém um composto, conhecido como terpinen-4-ol, que, segundo alguns estudos científicos, demonstrou ter efeito antifúngico, especialmente para os principais organismos causadores da micose de unha.

Como usar: deve-se pingar um gota diretamente sobre a unha afetada, 2 vezes ao dia, após a lavagem do local com água e sabão.

O tratamento deve ser mantido por cerca de 4 a 6 meses ou até 4 semanas após a unha recuperar as características normais.

Embora na maioria dos casos não existam efeitos colaterais referidos com o uso deste óleo, pessoas que têm pele mais sensível devem misturar a gota de melaleuca com 1 gota de um óleo vegetal, como coco ou abacate, antes de aplicar na unha.

Óleo essencial de alecrim

Assim como o óleo de tea tree, o óleo de alecrim, conhecido cientificamente como Rosmarinus officinalis, também tem apresentado efeitos muito positivos no combate a fungos responsáveis pela micose de unha, em estudos feitos no laboratório.

Assim, pode ser uma excelente opção natural para tentar controlar o problema.

Como usar: aplicar uma gota diretamente na unha afetada, 2 vezes ao dia, após lavar o local com água e sabão.

Caso exista sensibilidade da pele a este óleo essencial, com irritação e vermelhidão na pele em redor da unha, deve-se misturar com 1 gota de um óleo vegetal, como óleo de amêndoas, abacate ou coco, por exemplo.

Este tratamento deve ser mantido por até 4 semanas após desaparecimento dos sintomas, para garantir que o excesso de fungos é completamente eliminado.

Como potencializar o tratamento

Comece fazendo o tratamento à noite e dê sequência na manhã seguinte.

Após o banho e higienização das unhas, passe água oxigenada volume 10, umas quatro borrifadas.

Deixe secar naturalmente, não encoste em nada, nem toalha, nem pano.

Em seguida, pegue um pedaço de algodão, molhe no vinagre de maçã e envolva na unha danificada.

Isole o algodão embebido no vinagre com um plástico filme e durma ele preso no dedo (unha).

Na manhã seguinte, lave a unha novamente, passe a água oxigenada (quatro borrifadas) espere secar, aplique quatro gotas de óleo essencial de cravo-da-índia e deixe secar.

Nesse tratamento, a água oxigenada tem propriedades antissépticas que ajudam a combater as colônias de fungos que habitam as unhas infectadas.

O vinagre de maçã contém ácido acético e tem propriedades antifúngicas e bactericidas.

Com isso, ajuda a combater os fungos que causam a micose nas unhas.

Além disso, suas propriedades alcalinas neutralizam o pH da pele, evitando a proliferação dos microrganismos.

Para que você entenda melhor, aqui vai uma explicação básica:

O fungo não gosta de lugares ácidos e também não consegue mais se multiplicar.

Por exemplo: como todo ser vivo, o fungo também tem um ciclo de vida.

Logo, se existem 100 fungos, eles irão morrendo, morrendo e morrendo até acabar, pois não conseguem se multiplicar.

O óleo essencial de cravo-da-índia é antifúngico, bactericida e antisséptico, o que também ajuda a eliminar os fungos presentes na unha.

-
COMENTÁRIOS:
LER MATERIA COMPLETA...
Publicidade

Artigos relacionados

Publicidade
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Send this to a friend