DiversosSaúde

Tem mais de 25 e ainda tem espinha? Você pode estar com este problema

Acnes, espinhas e cravos eram o terror dos adolescentes, nessa fase, o aumento na produção de hormônios fazia com que as espinhas ganhassem força.

É raro ver um adolescente que não possui as terríveis espinhas, mas o que era um problema dessa fase, tem se tornado cada vez mais comum nas pessoas que já estão na fase adulta.

Adultos com espinha não é tão comum assim

Tem mais de 25 e ainda tem espinha? Você pode estar com este problema

Pessoas com mais de 25 anos têm percebido que sua pele ainda apresenta, com frequência, o aparecimento de espinhas e cravos e um estudo realizado conseguiu comprovar a origem desse malefício que até alguns anos atrás não era comum nos adultos.

Na fase adulta, os hormônios já estão controlados e não influenciam mais a sebácea que é responsável pela produção de sebo, que ocasiona as acnes.

Então, os especialistas buscaram entender o que estava fazendo as espinhas voltarem a aparecer em adultos. Uma pesquisa foi feita com 24 mil participantes.

Estudo comprovou que a alimentação pode ser a vilã

O que ficou claro é que a alimentação é a principal responsável pelo surgimento indesejado de espinhas, o consumo de muito açúcar, bebidas açucaradas, laticínios.

É a famosa dieta ocidental, rica em açúcar e pobre em nutrientes. Outros fatores que podem influenciar é o tabagismos, o sobrepeso e fatores genéticos.

Apesar de parecer que não é um problema tão sério para alguns, ele pode ser o motivo de uma depressão, pois deixa a auto-estima da pessoa baixa, em casos mais graves do problema, a pele se deforma.

O conselho dos especialistas é modificar a alimentação, passar a consumir alimentos mais ricos em nutrientes e excluir laticínios e alimentos muito açucarados.

COMENTÁRIOS:
LER MATERIA COMPLETA...

Artigos relacionados

COMENTÁRIOS:
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios