Diversos

Por que os cachorros cheiram as partes íntimas das pessoas?

Entenda por que os cachorros cheiram as partes íntimas das pessoas!

Não tem nada mais desconfortável do que quando cachorros cheiram as partes íntimas das pessoas, não é mesmo?

A situação pode ser ainda mais constrangedora quando acontece com as visitas.

Ainda assim, essa situação tem uma explicação científica, que está relacionada ao olfato apurado dos cães e a maneira que eles o usam para explorar o mundo.

Cachorro cheirar as partes íntimas, é normal?

O olfato é um dos sentidos mais apurados nos cães e eles são guiados pelos cheiros que sentem.

É a partir do cheiro que eles conseguem perceber e conhecer o mundo ao redor. Pelo cheiro os animais se comunicam com outros animais e com seres humanos.

Ao cheirar as partes íntimas das pessoas, o cachorro está procurando informações e buscando conhecer mais sobre a pessoa em questão.

É como se eles tivessem fazendo um reconhecimento, até mesmo para identificar o humor da pessoa (feliz ou triste), se quer brincar ou não, etc.

Pelo cheiro também conseguem detectar o sexo, idade, saúde e a carga de informações sexuais, como se a mulher está no seu período menstrual, ovulando ou até se ela está grávida.

É por esse mesmo motivo que os cães cheiram o rabo um do outro quando se encontram. Até mesmo antes de brigarem ou brincarem, os cachorros cheiram as partes íntimas um do outro.

Por que os cachorros cheiram partes íntimas?

Como dito anteriormente, os cachorros cheiram as partes íntimas para analisar e conhecer o tutor ou visitantes.

Apesar de poder cheirar outras partes do corpo, os cachorros vão diretamente nas partes íntimas, devido aos feromônios.

Os cheiros do corpo humano são geralmente mascarados por perfumes, cremes e loções para corpo, porém nas partes íntimas isso geralmente não acontece.

Essa região possui uma grande concentração de glândulas sudoríparas e a glândula apócrina que produz hormônios com as informações sociais, os feromônios.

Os feromônios se concentram em algumas partes do corpo como: virilhas, peito, região perineal e também nas axilas. Devido a isso, são as primeiras partes que o cachorro procura cheirar.

Esse comportamento é natural do cachorro e mesmo com adestramento adequado é possível que ele, inevitavelmente, aconteça por puro instinto do cão.

Como evitar esse comportamento no cachorro

Mesmo sabendo que esse é um comportamento natural dos cachorros, existem algumas estratégias para distrair o cachorro para evitar que a situação fique constrangedora, principalmente para visitas e pessoas na rua.

A repreensão não é recomendada por este ser um comportamento exploratório e natural ao animal.

Para corrigir e evitar constrangimento é possível adotar estratégias assertivas que não vão inibir o comportamento exploratório do cachorro.

Interrompa o comportamento calmamente afastando o cachorro da pessoa que ele está cheirando e use uma palavra que signifique ‘por favor, pare o que você está fazendo’”, como o “não”.

Mas não use tom de voz alto. Não é indicado oferecer petiscos, para que o cão não associe a atitude com recompensa.

Curiosidades sobre o olfato do cachorro

O olfato é o sentido mais apurado do cachorro e ele é capaz de sentir odores, principalmente dos tutores, a longas distâncias.

  • Os cães têm mais de 200 células olfativas.
  • Cães caçadores podem dobrar esse número de células olfativas, já que possuem o faro treinado e especialmente apurado.
  • O cachorro pode sentir o cheiro do dono a até 2km de distância. Dependendo do vento e do cheiro essa quilometragem pode subir.
  • Devido ao olfato apurado, os cães possuem memória olfativa e podem guardar o odor na memória, que são reconhecidos instantaneamente ao senti-lo novamente.

Cachorros sentem cheiro de doença?

Sim! Por meio do olfato o cachorro pode detectar algumas alterações no organismo humano.

Em alguns casos, eles conseguem identificar a presença de microorganismos que são prejudiciais à saúde dos seres humanos.

Algumas alterações do corpo humano, exalam um cheiro diferenciado, que os cachorros conseguem detectar, sentido o cheiro da saliva ou do suor.

Em alguns casos, o cão consegue identificar a doença antes mesmo da manifestação dos sintomas.

O mesmo acontece com a gravidez. Quando a mulher está grávida, os hormônios exalam um cheiro diferenciado e é por isso que muitos cachorros se tornam mais protetores e companheiros quando sua tutora está grávida.

Além de doenças e gravidez, com a convivência, o cão é capaz de identificar até alterações no estado de espírito das pessoas ao redor, como estresse, ansiedade e depressão.

Cuidados com o olfato canino

Cheirar as partes íntimas é comportamento de cão saudável; cães doentes, estressados e com medo não cheiram ninguém quando chegam e nem apresentam essa atitude exploratória.

Por ser um sentido muito apurado e importante para a vida dos cães, existem alguns cuidados para manter o olfato do cachorro sempre saudável.

Lembrando que com o passar dos anos, é comum alguns cães apresentarem perda olfativa.

Cães idosos sentem menos cheiros que os demais cachorros adultos.

Estimule o olfato dos cães escondendo petiscos pela casa para poderem explorar os ambientes para encontrá-los.

Utilize brinquedos específicos com ração dentro para o estímulo do olfato. Brinquedos caseiros com garrafa pet é uma boa opção.

Durante os passeios, permita que o cachorro (com calendário de vacinação completo) sinta cheiro diferentes e explore os ambientes.

Mantenha o focinho limpo e hidratado.

Verifique a umidade do focinho ao voltar dos passeios. A umidade mantém a temperatura ideal e protege o olfato.

Problemas no olfato canino

Infelizmente o cachorro pode perder o olfato, afetando a qualidade de vida e bem-estar do animal, já que o cheiro influencia vários aspectos da vida do cachorro, como alimentação, a interação social e a reprodução.

A perda total do olfato em cachorro é rara, mas algumas situações podem causar perda momentânea da capacidade de sentir cheiros, entre elas: inalação de corpo estranho, alergias, infecções e tumores.

Vale ressaltar, que com o avanço da idade e a deterioração das funções neurais, os cães podem ter sua habilidade de sentir cheiros reduzida.

LER MATERIA COMPLETA...
- jÁ participa do nossogrupo no facebook
Botão Voltar ao topo
Share via
error: Content is protected !!

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Send this to a friend