As melhores DICAS estão aqui!!

8 perguntas para você saber se tem ansiedade

Será que você está sofrendo de ansiedade? Esse teste com oito perguntas fará você descobrir se essa condição grave está instalada na sua mente.

A ansiedade, juntamente com outras doenças ligadas ao psicológico das pessoas, como a depressão, é com certeza o mal a ser combatido no momento.

Apesar de sabermos que sempre houve momentos difíceis para a humanidade, e sempre houve lutas internas nas mentes das pessoas, a era atual se mostra ainda mais nociva à saúde mental.

O acúmulo exagerado de informações, os estereótipos e as pressões sociais, são os fatores que mais contribuem para a decadência emocional dos seres humanos.

A ansiedade, por sua vez, é um transtorno que caracteriza muito bem esse cenário, surgindo da insegurança sobre o futuro.

Por tudo isso, é muito importante manter-se vigilante e atento aos sinais que transtornos emocionais dão quando estão instalados.

Continue lendo esse artigo e faça o teste que preparamos com oito perguntas que determinam se alguém tem ou não ansiedade.

Está preparado(a)?

Teste de ansiedade: 8 perguntas que revelarão se você tem o transtorno

8 perguntas para você saber se tem ansiedade

Muitos sintomas podem indicar a presença de um quadro de ansiedade, mas somente uma avaliação mais minuciosa pode dar um diagnóstico correto.

As perguntas listadas abaixo são de simples compreensão e você só precisará responder “sim” ou “não”.

Ao final do teste, haverá um índice que definirá, com base na quantidade de respostas “sim” e “não”, se a pessoa está com ansiedade e em que grau o transtorno se encontra.

Entenda se o que você sente é ansiedade ou não e, em caso de resultado positivo, procure ajuda.

1 – Você passa muito tempo com preocupações insistentes na mente?

Aqui, não estamos falando de preocupações corriqueiras do dia a dia, mas sim de questionamentos constantes e contínuos.

Além disso, a preocupação aqui abordada é generalizada, sem um foco específico.

2 – Você vive inseguro(a) e com uma sensação de que a qualquer momento algo horrível vai acontecer?

Neste caso, a pessoa pode estar como alguém que caminha na rua de madrugada e sente que pode ser assaltada.

Quem se sente assim cria realidades paralelas na mente.

Novamente, o medo é abstrato e sem sentido, sem que haja um fator preocupante real.

3 – Quando acorda pela manhã, você se sente desmotivado(a)?

Este é um sintoma clássico de ansiedade crônica e até mesmo de depressão.

Indivíduos com este sinal se sentem totalmente sem energias para começar o dia, não importando o que vá acontecer nele, mesmo que seja uma data comemorativa, por exemplo.

4 – Você sente faltas de ar repentinas, constantes e sem motivo aparente?

São aparentes cortes súbitos no fornecimento de oxigênio do indivíduo, sem que este esteja doente ou que o clima esteja ruim.

5 – Você evita ir a lugares, passar por certas situações ou encontrar certas pessoas por puro incômodo ou medo?

Aqui não estamos falando de preferências ou predileções, mas sim de um sentimento de pavor ao encontrar certa pessoa ou ir a certo ambiente.

Nestes casos, as pessoas podem se tornar antissociais a um ponto que rejeitam ir até mesmo a ambientes públicos como praças e supermercados, pelo medo de simplesmente encontrar as pessoas.

6 – Você sente muitas dores de cabeça e/ou palpitações no peito?

Assim como a falta de ar súbita, citada acima, dores de cabeça e palpitações também são sintomas físicos da ansiedade.

7 – Você sente que tem menos energia que antes?

Em situações assim, as pessoas acometidas sentem-se sem forças até mesmo quando acabaram de acordar.

Afinal, ansiosos tendem a ter noites de sono que não reparam o cansaço.

8 – Nos últimos meses você teve algum ataque de pânico?

Por ataque de pânico, entenda-se um medo incontrolável e repentino que surgiu aparentemente do nada e tomou grandes proporções, causando tremores, palpitações e sudorese.

Resultado

Se você respondeu “sim” a mais de quatro das perguntas listadas, infelizmente o seu quadro é de um transtorno de ansiedade.

Porém, não se preocupe com isso, pois há solução.

Todos os dias pessoas se libertam da ansiedade, tomando medidas para se livrar desse incômodo transtorno psicológico.

Procure ajuda em centros de psicologia e terapia emocional, onde será orientado(a) sobre quais medidas deverá tomar para superar essa situação.

COMENTÁRIOS:

Publicidade

você pode gostar também

Publicidade

Send this to a friend